Pesquisar este blog

domingo, 16 de dezembro de 2012

Para quê serve uma relação?

PARA QUÊ SERVE UM
......Uma relação tem que servir para você se sentir 100% à vontade com outra pessoa, à vontade para concordar com ela e discordar dela, para ter sexo sem não-me-toques ou para cair no sono logo após o jantar, pregado. ......Uma relação tem que servir para você ter com quem ir ao cinema de mãos dadas, para ter alguém que instale o som novo enquanto você prepara uma omelete, para ter alguém com quem viajar para um país distante, para ter alguém com quem ficar em silêncio sem que nenhum dos dois se incomode com isso. ......Uma relação tem que servir para, às vezes, estimular você a se produzir, e, quase sempre, estimular você a ser do jeito que é, de cara lavada e bonita a seu modo. ......Uma relação tem que servir para um e outro se sentirem amparados nas suas inquietações, para ensinar a confiar, a respeitar as diferenças que há entre as pessoas, e deve servir para fazer os dois se divertirem demais, mesmo em casa, principalmente em casa. ......Uma relação tem que servir para cobrir as despesas um do outro num momento de aperto, e cobrir as dores um do outro num momento de melancolia, e cobrirem corpo um do outro quando o cobertor cair. ......Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro ao médico, para um perdoar as fraquezas do outro, para um abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois. Drauzio Varella é médico cancerologista, formado pela USP. Nasceu em São Paulo, em 1943.Este seu artigo está sendo divulgado pela internet.

Seja um doador de medula óssea

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Sou um andarilho , caminho sem destino Minha chegada é minha partida Meus pés descalços, minhas mãos trêmulas, tenho um olhar que não Segue mais nenhuma direção Caminho sem emoção. Sou um andarilho, invisível aos Olhos dos que passam e nem Me notam, afastam-se de mim Com certo medo no olhar É triste não ter nenhum lugar para chegar, nenhum abraço para acalentar. Carrego dentro de mim ainda histórias que jamais terei a quem Contar, pois o mundo se calou Ninguém mais se importa. Caminho numa estrada deserta Afinal sou um andarilho, não levo Flores mas somente os espinhos. Mora Alves

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Chico Xavier costumava ter em cima de sua cama uma placa com os dizeres: ISSO TAMBÉM PASSA! Perguntaram a ele o motivo… Ele disse que era para que quando estivesse passando por momentos ruins, para se lembrar de que eles iriam embora, que iriam passar, e que ele estava vivendo aquilo por algum motivo. Mas a placa também era para lembrá-lo de que quando estivesse muito feliz, não deveria deixar tudo para trás e se deixar levar, porque esses momentos de euforia também iriam passar, e momentos difíceis viriam novamente. Todas as coisas na Terra passam. Os dias de dificuldades passarão. Passarão também os dias de amargura e solidão. As dores e as lágrimas passarão. As frustrações que nos fazem chorar, um dia passarão. A saudade do ser querido que se vai, na mão da morte, passará. Os dias de glórias e triunfos mundanos, em que nos julgamos maiores e melhores que os outros, igualmente passarão. A vaidade interna, que nos faz sentir como o centro do universo, um dia passará. A vida é feita de momentos, momentos pelos quais temos que passar, sendo bons ou não, para o nosso aprendizado. Nada é por acaso. Precisamos fazer a nossa parte, desempenhar o nosso papel no palco da vida, lembrando de que a vida nem sempre segue o nosso querer, mas ela é perfeita naquilo que tem que ser.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012



O amor, suas paixões, compaixões e o trabalho solidário para as pessoas mais carentes.
Um Novo Amanhecer
livro de :
Mora Alves
para comprar envie um email para: moraalves@gmail.com
Posted by Picasa